Cirurgia Ortognática

Expansão maxilar com recuo mandibular

A Cirurgia Ortognática trata das desarmonias esqueletais. As diferenças de tamanhos de ossos nos três planos do espaço tem forte influência genética e com contribuição dos fatores ambientais. Um planejamento minucioso deve ser feito entre o Cirurgião Ortognata, Ortodontista, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Nutricionista, Otorrino, Cardiologista, Anestesista, Psicólogo, entre outros, para assegurar resultados satisfatórios. Esta cirurgia é realizada em hospital sob anestesia geral. Por ser uma cirurgia eletiva, exames preliminares deverão ser realizados para prognóstico antecipado de tal procedimento. O preparo cirúrgico realizado pelo Ortodontista consiste na instalação de aparelhos ortodônticos fixos, realização de extrações se indicadas, com o objetivo de posicionar bem os dentes em sua base óssea (maxila e mandíbula). Normalmente este preparo dura de um a dois anos, dependendo do planejamento.

A expansão da maxila durante a cirurgia Ortognática está indicada para maxila atrésica e o recuo quando a mandíbula é grande e protuída (avançada). Note que além da expansão da maxila ela pode ser reposicionada para baixo corrigindo a deficiência vertical da mesma.

Contato

Teremos o maior prazer em atendê-lo!

Agendamento

Rapidez, facilidade e conforto.

Dicas

Fique por dentro!

Ortoative

Conheça a empresa.